quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Retalhos...


Isto de andar a dormir por aí tem destas coisas. Um gajo acorda, de manhã, com a pica toda, e o que é que ouve? O pessoal no quarto ao lado na festa.



Começo a brincar com o zézinho que pelos vistos também acordou.



A festa acabou. Pelos vistos já estavam no fim. Eu é que não. Continuo. Não tenho pressa, estou a gozar a coisa. Sempre gostei de me masturbar. Quando o faço, fodo com quem me apetece.



Ele já saiu e eu nem dei por isso. Reparo porque ela está a olhar na porta do meu quarto, ligeiramente entreaberta.



- Parece que estás a precisar de uma “mão amiga”…?



- Muito provavelmente…



Vem sentar-se na cama ao meu lado, desvia a minha mão e põe-se a acariciar o meu pénis completamente teso.



- Pensava que já tinhas estado na festa…



- A festa acabou antes de lançarem os foguetes.



- Já passaram uma data de anos…



- Parece que foi ontem.



Beija-me a cabeça com cuidado e abocanha-a. Anda à volta com a língua. Eu enfio a mão debaixo do roupão e sinto-a molhada, demasiado molhada.



- Ainda estou toda suja…



- Quero lá saber, agora já não sais daqui.



Agarro-lhe nos cabelos conduzindo-a para cima e para baixo à medida que o sinto e vejo a entrar e a sair da boca dela. Engasga-se um pouco, só por um momento… Paro. Ela continua logo a seguir.



Senta-se em cima de mim. Da forma como está molhada e lubrificada a penetração é imediata.
Pelos vistos tem urgência em acabar o que tinha começado, eu também.



Monta-me com a ganância de quem já esteve quase lá mas morreu na praia. A cabeça parece que penetra no útero. Começo a senti-la latejar. Eu também.



Vimo-nos ao mesmo tempo de uma maneira selvagem. Ela fica um pouco a descansar em cima de mim, depois levanta-se…



- Agora sim, vou-me lavar.



- Obrigado pela “mão amiga”.



- És muito abusador.

3 comentários:

Who Am I disse...

Abusador, abusado?
caça, caçador?

Montanha-russa de emoções...

beijinho

vita disse...

Existe gente muito "boazinha"...lol

;P

Ricardo disse...

As amigas são para as ocasiões! :)

Abraço